20 de abr de 2013

Não à redução da maioridade penal

São crianças como você...


Sei que este blog trata de assuntos relacionados a hacks e dicas para o Blogger mas, devido ao acalorado debate que se deu nos últimos dias pela redução da maioridade penal depois que um jovem de classe média foi covardemente assassinado por um outro jovem em frente a sua residência, não posso me furtar a deixar minha opinião a respeito deste passo muito importante que a sociedade quer vir a dar.

Na verdade na verdade o que no fundo a sociedade quer não é justiça, é mais segregação. As pessoas não querem punição para os jovens abandonados pelo Estado e velependiados pela sociedade, as pessoas querem é que desapareçam da face da terra esses jovens. Esses jovens negros e pardos, que vigiam carros, cheiram cola, fumam crack, puxam carrinho de feira, fazem malabares nos sinais. A sociedade alienada não quer dividir espaço com pedinte, com morador em situação de rua, com crianças brutalizadas por esse sistema excludente e marginalizante. Não, o que querem é tranca-los, e se possível, que joguem a chave fora ou que aconteça a eles a mesma sorte dos presos do Carandirú. Essa soiciedade hipócrita, vagabunda quer mesmo é que morram, querem mais mesmo é que sejam assassinados por policiais, por traficantes, pela miséria que cresce por causa de um sistema capitalista opressor.

No fundo todos sabemos quem é que vai parar em presídios super-lotados, faculdades de fazer bandidos-fascínoras. Todos sabemos que presídios não regeneram porquê são perversos, são depósitos de seres humanos sem eira nem beira, sem educação, sem cultura. Todos sabemos que a justiça, não só no Brasil mas em todos os lugares, só funcionam para pobres. Jamais farei coro com soluções imediatistas como essas, soluções de fundo silenciadores que desviam o foco, que não mostram o que de fato está por trás. Uma sociedade consumista, egocêntrica, corrupta e corruptivel, maniqueista e intolerante. Que cobrem do Estado o que está na constituição que é saúde, educação e moradia para todos. Que cobrem de seus representantes políticos soluções de fato para toda essa população que existe em situação de risco. Que olhem para um todo com mais amor, caridade, solidariedade e misericórdia. Se você  concorda que os presídios não recuperam, ao contrário, só agravam mais a situação, porquê diabos então você ainda quer depositar alí, seres humanos que estão ainda em formação ?

6 comentários:

  1. eu sou a favor da redução da maioridade penal. pelo q li no post, vc relacionou mais crianças de ruas e jovens, mas nem todos sao maus e bandidos.
    Sou a favor da redução pq, veja bem, meninos e meninas de 13 anos ja sao pais, menores matam/roubam e vao para a fundação casa, depois sao soltos com ficha limpa (inacreditavel). Pode votar com 16 anos, mas ir preso..nada.
    Um irmao de uma amiga minha foi morto em frente da casa dele, o "bandidinho" foi pra fundação, atingiu a maioridade e saiu de ficha limpa. E muito mais crimes que ocorrem com pessoas que sao menores de idade, e alguns de classe media a classe media alta.
    Acho que, cometeu crime, estava bem ciente, entao tem q pagar pelos seus atos, independente da idade.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Danny, tudo bem ? Respeito sua opinião e quanto a minha postagem, relacionei sim, propositalmente as crianças e jovens de rua porque como escrevi no post, essa lei servirá a punições a essa camada da sociedade, ou vc acha que as pessoas que esbravejam pensam em seus filhos classe-média ? Porque vejamos um caso, outro dia o filho de um poderoso e rico homem brasileiro atropelou e matou um ciclista e o que aconteceu com ele ? Nada. Aliás, o perito que provou que o filho do mega-empresário foi culpado foi afastado do cargo. Vejamos outros casos... Os jovens que espancaram uma mulher em um ponto de ônibus e depois a roubaram eram jovens, pois eram declasse média, fossem pobres não seriam jovens e sim bandidos. Você percebe a diferença de tratamento dada aos seres humanos dependendo de sua classe social ? Você percebe que na verdade o que acontece é que a mão do Estado não está onde deveria e que o martelo da justiça bate forte só de um lado ? Como aplicar uma lei feroz num Estado tão desigual ? Voc~e acredita que o tratamento do filho do empresário é o mesmo do filho da lavadeira ? Você não acha que o Estado deveria dar oportunidade igual a todos ? Você acha que a pessoa escolhe ser bandido ou que o é por falta de escolha ? Não que eu ache que por ser pobre a pessoa fatalmente vá pender para o crime, mas acho que onde falta oportunidades, onde falta educação, cultura, pode fartar ociosidade e tempo livre para aprender e se deixar seduzir pelo que não presta. É só o meu ponto de vista. Isso de reduzir a maioridade penal é um embuste. E outra, há sim punição, há sim medidas socio-educativas. O que não pode é pegar um adolescente infrator e enfiar-lhe entre bandidos escolados e velhos para serem professores empenhados dos que entraram lá por roubar uma bolacha. (Estatísticas, 90% dos crimes cometidos por menores é de pequenos furtos). Link: http://www.mp.rs.gov.br/infancia/cartas_politicas/id150.htm

    ResponderExcluir
  3. Sou de origem humilde, hoje estou realizado com minha vida, minha familia e meus filhos quase todos formados e com capacidade de competição no mercado de trabalho.
    Memso sendo de origem muito pobre não matei, não roubei, não furtei e nem fiz usos de nenhuma droga droga ilegal, por tudo isso não sou culpado de existirem jovens criminosos neste País, se a pobreza produz filhos delinquentes não tenno que pagar nada por eles, digo isso porque sei de minha origem, portanto, cadeia para todos que cometeram crimes sim!

    E digo mais, á fácil propagar teorias socialista fajutas, dificil é colocá-las em prática, talvez por isso o socialismo foi e continuará sendo uma merda.

    ResponderExcluir
  4. Olá, muito boa noite de sábado!

    Acabei de receber o e-mail e ver lá mesmo esta postagem, por sinal, interessante. Um assunto, aliás, que divide a sociedade em duas. Aquela sociedade que ama, mas não pode fazer muito, e aqueles que podem fazer muito, mas não fazem por que não amam.

    Tá aí uma coisa que não me sai da cabeça.

    Outro dia, aqui em minha cidade, um vizinho, por ter 16 anos, desafiou um policial, estando este primeiro errado, fumando e bebendo, além de estar fazendo arruaça numa pracinha da cidade. O policial, tomou a posição de levá-lo para a delegacia, e rolou aquela de criticarem o policial por conta desta atitude. Perguntamos porque o adolescente fez aquilo e el, na maior cara de pau respondeu:

    - Ah, eu sou "de menor" e posso fazer o que quiser.

    Ainda na semana passada, no grupo online que temos (TURMA DO SETOR)no facebook, um rapaz colocou a questão de uns garotos entre seus 14 e 19 anos, estarem fazendo baderna em frente de sua casa, na maior gritaria, bêbados. Por que disse que chamaria a policia para resolver a situação o rapaz ouviu o seguinte:

    - Pode chamar. Eles não podem sequer me prender. Daí, se eu for, já sei quem fêz a denuncia, e quando sair acabo com sua vida.

    Claro que existem casos e CASOS. Estamos falando aqui de vidas abandonadas, esquecidas pela sociedade, que dizem-se ser moralmente mais evoluídas que alguns moradores de comunidades (favelas).

    Um caso difícil de se opinar, por ter alguns meandros e picuinhas nada faceis de decidirem de uma hora pra outra.

    Tenho uma filha de 17 anos, e acredito que a mesma já é responsável por seus atos. Claro que até o exato momento (talvez eu esteja cego por ser pai), não tenho encontrado na mesma nada que desabone. Mas e quanto a outros e outras que não tem a mesma forma de criação?

    Nem sempre podemos culpar o governo e os governantes. As vezes, e em sua grande maioria a culpa é nossa, nós enquanto individuos, que erramos com nossos rebentos, e quando a corda acocha, queremos queremos jogar a culpa no outro.

    Não sei se me fiz entender...

    Boa noite e bom final de semana para todos!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o post, mas na minha opinião menor com 16 anos já sabe muito bem o que tá fazendo e faz porque sabe que não será preso porque a lei o protege.
    Alguns dizem que o menor tem que ter mais estrutura familiar, MENTIRA porque os pais fazem de tudo para educá-los mas infelizmente o crime acaba chamando mais a atenção, o dinheiro fácil.
    Eu sou a favor da redução para 16 anos igual outros países, assim quem sabe não diminui um pouco essa bandidagem...

    Olha aquele menor covarde que matou uma mulher grávida...meu Deus...o mundo tá acabando...

    Mas muito legal você publicar um post com esse tema PARABÉNS...e parabéns pela sua opinião e palavras....

    Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.


Copyright © Templates e Acessórios |
Design by Elke di Barros | Tecnologia do Blogger
    Twitter Facebook Google + YouTube